Manifestar interesse

Informação sobre o curso

  • Área de Formação

    Produção Agrícola e Animal

  • Objectivos Específicos

    Bloco I - Conceitos de base em proteção integrada (PI) e em modo de produção integrado (MPI): Componente vegetal e animal
    Identificar a legislação específica de enquadramento e regulamentação da PI e do MPI;
    Identificar as componentes da proteção integrada (PI) e do modo de produção integrado (MPI); 
    Enumerar os meios de luta disponíveis no âmbito da PI;
    Identificar os grupos de auxiliares mais importantes;
    Indicar as características mais importantes dos produtos fitofarmacêuticos (p. f.) homologados e interpretar o rótulo de um p. f.;
    Selecionar o produto com melhor perfil toxicológico ecotoxicológico e ambiental;
    Cálculo de doses e concentrações dos p. f. a aplicar;
    Identificar os cuidados, as medidas de higiene e segurança a ter, no transporte, armazenamento e manuseamento de p. f. nas explorações agrícolas; 
    Identificar medidas a tomar em caso de acidente de p. f. no armazém e nos locais de aplicação;
    Descrever como utilizar corretamente o equipamento e o material de aplicação, segundo a boa prática agrícola e ambiental na utilização de p. f.;
    Enumerar as medidas corretas a tomar na gestão dos resíduos, embalagens vazias e dos produtos obsoletos de p. f.;
    Identificar as técnicas disponíveis para o diagnóstico do estado de fertilidade do solo e de nutrição das culturas;
    Identificar os conceitos básicos para a interpretação dos resultados das análises de terra, plantas e água de rega;
    Identificar os principais tipos de fertilizantes, o seu comportamento no solo e os problemas ambientais e de qualidade dos produtos resultantes da sua
    utilização incorreta;
    Identificar os princípios da fertilização racional das culturas, os diferentes tipos de fertilização e as técnicas de aplicação de fertilizantes;
    Enumerar os princípios da rega, qualidade da água, técnicas de rega; metodologia para o cálculo das necessidades;
    Enumerar os princípios de gestão sustentável do solo;
    Identificar técnicas de salvaguarda do bem-estar animal;
    Identificar técnicas de maneio e alimentação animal;
    Identificar medidas de profilaxia e saúde animal;

    Identificar as normas de gestão dos efluentes pecuários;
    Enumerar os critérios a ter em conta no controlo e certificação de produtos agrícolas.

  • Conteúdos Programáticos

    Bloco I. Conceitos de base em proteção integrada (PI) e em modo de produção integrado (MPI): Componente vegetal e animal
    I.1 - Introdução à PI e à MPI
    I.2 - Legislação específica
    I.3 - Componentes da Proteção Integrada
    I.4 - Aplicação de produtos fitofarmacêuticos (PF) em PI
    I.5 - Técnicas de MPI
    I.6 - Armazenamento e transporte seguro de produtos fitofarmacêuticos


    Bloco II. Proteção integrada da cultura em vinha
    II.1 - A cultura da vinha
    II.2 - Pragas
    II.3 - Doenças
    II.4 - Infestantes
    II.5 - Colheita, armazenamento e conservação
    II.6 - Controlo e certificação
    II.7 - Estratégia de apoio ao agricultor


    Bloco III. Modo de Proteção integrada da cultura em vinha (técnicas e práticas culturais)

    III.1 - Introdução a cultura da vinha em modo PI
    III.2 - Estratégia de MPI na Exploração
    III.3 - Conservação do solo
    III.4 - Instalação da vinha
    III.5 - Condução da vinha
    III.6 - Rega
    III.7 - Colheita, armazenamento e conservação
    III.8 - Estratégia de apoio ao agricultor em MPI

  • Avaliação

    Por cada período de formação semanal, deverá existir um momento de avaliação de reação. Esta é efetuada com base em fichas e questionários elaborados pela entidade formadora. Os seus resultados e tratamento devem ser apresentados no início do período de formação seguinte.
    No final da ação de formação deve ser efetuada uma avaliação de reação final incidindo sobre a totalidade da ação de formação.

    A avaliação diagnóstica é efetuada no início do Bloco I, com base em questionários individuais e avalia os conhecimentos que os formandos detêm sobre os conceitos sobre os conceitos e temáticas da Ação de formação, tendo em vista desenvolver e tratar os diversos módulos de acordo com as necessidades e níveis de conhecimento dos formandos.

    A avaliação formativa é realizada ao longo de cada Bloco de Formação com base em testes escritos individuais ou em trabalhos de grupo, de acordo com a metodologia definida pelos formadores. E da responsabilidade dos formadores conceberem os instrumentos de avaliação individuais ou de grupo bem com as grelhas de análise e de classificação.

    A avaliação sumativa é realizada no final de cada Bloco nos termos definidos no Regulamento Específico n.º 5.

Manifestar interesse